Corredor

Algumas notas no violão eram ouvidas entre a confusão de vozes. Havia um choro no fundo de tudo aquilo.

Um grupo de quatro meninas conversava e gesticulava.

A inspetora responsável por aquele corredor passava com um papel na mão.

Um grupo passeava rindo alto. Risos falsos.

Uma garota com uma mochila nas costas caminhava entre os amigos curiosos. Ela não se sentia bem, portanto iria embora mais cedo.

Alguém parou ao lado da garota sozinha com o livro, mas logo se retirou. Ninguém suportava ficar ao seu lado.

Mais risadas ao fundo.

A jovem mente vê um conhecido pelo corredor. Ele não pára pra cumprimentá-la, e ela finge estar escrevendo.

O som do violão fica mais alto.

Sua cabeça dói.

Então o sinal bate.

A garota se levanta do chão sujo, entra na sala e termina o texto colocando o titulo. Iria chamar sua nova criação de “corredor”.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s